Jump to content

ubv

New Members
  • Posts

    1
  • Joined

  • Last visited

ubv's Achievements

Barbarian

Barbarian (1/7)

0

Reputation

  1. Os olhos dos bravos guerreiros de Arinar não eram mais os mesmos. Despois de tantas batalhas que enfrentaram, sangue derramado e amigos perdidos, ser um 'guerreiro' era honra, mas também era dor. E isso mudaria? Não agora, com o horror do circo de volta a floresta mais densa de Arinar. A maldita floresta, Floresta do Vazio como era chamada, parecia o lugar perfeito para as comemorações. Escura, com uma fina neblina que fazia desaparecer os pés de quem ousava chegar perto. Era no seu meio que os monstros não viviam, há muito haviam fugido dali. Na verdade, o único ser que ali habitava possuía um nome comum, era o Silêncio. Sua aparência não estava longe da realidade, uma pequena criança de Arinar que tinha se perdido em um dia indiferente. A criança passava seus dias deitada no centro da enorme floresta, encolhida e de olhos fechados. Em seu profundo sono, sonhava com dias em que viveu uma vida feliz ao lado de sua família. Até um dia aprender suas primeiras palavras: Silêncio. Seus pais ficaram assustados, nunca tinham visto algo assim. As primeiras palavras de uma criança ser "silêncio"? Aos poucos a história se espalhou, e o tempo passou... Mas a criança não cresceu, continuava no mesmo tamanho e proferindo sempre as mesmas palavras para todo lado "SILÊNCIO! SILÊNCIO!!". Carregava em sua mão direita uma pequena boneca de pano com um sorriso na boca costurado. Seus pais, nem seus irmãos conseguiam dizer ao certo quando a menina tinha adquirido aquele brinquedo... Não se sabe quando, nem como, mas ela apenas desapareceu de sua casa, de uma forma quase mágica... E lá estava ela, na Floresta do Vazio. Pobre e inocente criança... Ainda vestia seu vestido branco com o laço de seda rosa na cintura, seus cabelos presos e... uma boneca na mão. Uma boneca na mão direita... Um belo dia, em uma manhã ensolarada em Arinar, um nobre cavaleiro decidiu cortar caminho pela floresta, indo pelo seu meio, onde não havia nada aparentemente. Uma boneca na mão direita... Ele andou e andou, até uma enorme pedra que tinha duas vezes o seu tamanho e era três vezes mais larga que a maior pedra que ele já viu. Uma boneca na mão direita... Era apenas isso que ele falava após sair da floresta. “UMA BONECA NA MÃO DIREITA! A BONECA! A BONECA FALOU! A CRIANÇA, SALVEM A CRIANÇA!”. Estava louco, completamente louco. Suava frio, mas tinha o corpo quente. Seus olhos tinham parado de piscar como se tivesse visto... Na verdade seus olhos eram apenas orbitas que olhavam para o vazio... Ele ficara vivo, mas nunca mais seria o mesmo. Murmuraria pelo resto de seus dias “Silêncio, silêncio... A boneca...”. E era isso que ele tinha visto. Uma pequena e frágil criança que tinham nascido muito antes que ele, deitada na parte mais alta da pedra, e a boneca na sua mão direita. A pequena dormia um pesado sono... Há muito ela dormia. Ninguém ousava acordar a criança, era protegida por sua boneca que tinha expulsado todos os monstros da floresta e a transformado na Floresta do Vazio. Por que A Boneca do Silêncio tinha deixado o cavaleiro vivo? A loucura o alcançara, e isso era o suficiente para ela. E assim ela faria, quem ficasse louco seria poupado. Então faça silêncio, você não vai querer acordar uma criança. A história se repetia, mais batalhas e sangue nas mãos dos guerreiros de Arinar. A Floresta do Vazio parecia ser um bom local para o Circo dos Horrores fazer suas festanças. Mas, não faria muito barulho? Não acordaria a criança? A boneca de pano, espírito das trevas, iria punir cada um que ousasse chegar perto de sua dona. Invocaria os fantasmas da florestas, e os gigantes cães com garras de leopardo, lançaria sua magia em cada cavaleiro que estivesse por perto. Seria forte o suficiente para lançar sua loucura em cada guerreiro de Arinar? Uma nova batalha se aproximava, mas dessa vez era diferente, existia um sorriso levemente insano no rosto de cada um, era um sorriso de quem tinha sobrevivido a loucura. Ou será que não? Principal Vilão: A Boneca do Silêncio, típica boneca de pano branco, mas marrom da poeira da floresta. Ela possui um espírito dentro dela que a faz proteger insanamente a criança que a possui, a criança, por sua vez, não cresce e passa o resto de sua vida dormindo. A boneca possui poderes de stun em área, fazendo seus inimigos correrem para longe, além de invocar pequenos seres(cães vermelhos com preto) que atacam quem estiver longe dela. Ela consegue curar seus servos, mas eles não ficam muito tempo ativo, já que ela assusta qualquer ser que chegue muito perto dela. Ela consegue lançar o poder “Loucura” nos seus inimigos por um determinado tempo. Todos que forem atingidos ativarão habilidades aleatórias sem terem feito o comando, além de se mover pelo ambiente. Servos: São os seres mais fortes da Floresta do Silêncio que não fugiram como os outros. Eles são ocasionalmente servos da Boneca, ela consegue invoca-los quando eles estão dormindo. Todos eles são crianças que um dia possuíram a boneca como dono. Seus olhos são vermelhos e possuem enormes olheiras. Andam como zumbis e conseguem lançar a Loucura. Imagem de referência: Br-Tourmaline, Ubvildive
×
×
  • Create New...