Jump to content

â€‹đŸ›ïžâ€‹ HistĂłria dos PrimogĂȘnitos


Recommended Posts

PrimogĂȘnitos (Firstborn)

 

Elfos, tambĂ©m conhecidos como primogĂȘnitos foram criados pela Divindade Nuadu no inĂ­cio dos tempos. Agraciados com uma expectativa de vida quase infinita, os elfos foram designados para ajudar os IrmĂŁos Celestiais como os GuardiĂ”es da paz e ordem em Arinar, protegendo a Lança da transgressĂŁo dos demĂŽnios feitos por Garahan, Jakkars. Suas longas vidas permitiram aos elfos alcançar grande sabedoria e afiar suas habilidades naturais com espadas e arcos.

 

Porém, a escassez dos filhos de Nuadu quase levou à sua extinção durante a guerra contra os Jakkars que almejavam a Lança. Então Harad criou os seres humanos para tornå-los fiéis estudantes e aliados dos elfos. No entanto, o temperamento quente da humanidade tornou-se uma razão para a guerra entre as duas raças de GuardiÔes - e eles entraram em confronto na guerra sangrenta da Lua e Sol. Só então, quando ambos os povos entenderam quão devastadora a discórdia era, humanos e elfos assinaram um pacto para a Paz eterna. Durante os anos horríveis da Guerra da Lança, as duas raças lutaram lado a lado contra a Legião gerada pelo sopro negro de Garahan.

 

ApĂłs a vitĂłria gloriosa sobre o exĂ©rcito do Rei Condenado Orin, os elfos nĂŁo retornaram Ă  Floresta eterna devastada pela guerra, onde tinham sempre vivido desde o inĂ­cio. Eles habitaram as florestas do norte-oriental de Melwendil, as quais se tornaram uma ilha apĂłs a Grande Ruptura. AtĂ© hoje, os PrimogĂȘnitos cultuam Nuadu seguem estritamente o seu preceito - proteger qualquer vida. Os Druidas elfos curam as feridas da Terra, causadas durante a Guerra da Lança, plantando novas florestas e salvando os antigos, enquanto os dançarinos da lĂąmina e patrulheiros observam cuidadosamente as fronteiras de Melwendil por sinais de tribos das montanhas e mortos-vivos.

 

O Conselho dos Doze consiste dos lutadores mais eminentes lutadores e feiticeiros dos primogĂȘnitos. Os filhos de Nuadu tĂȘm mantido relaçÔes de boa vizinhança com os seres humanos por um longo tempo. No entanto, os elfos nĂŁo confiam muito em seres humanos, tratando-os como irmĂŁos mais novos, embora os PrimogĂȘnitos nunca tenham e nunca irĂŁo ferir quaisquer outros aliados em Arinar. HĂĄ uma velha rivalidade entre elfos e montanhistas, que nunca cessou atravĂ©s dos tempos. Contudo, os mortos-vivos continuam a ser o principal inimigo dos elfos. Durante muito tempo, os druidas do Conselho dos Doze tĂȘm assistido as oscilaçÔes mĂĄgicas na parte sul de Arinar com medo – e o mais sĂĄbio dos PrimogĂȘnitos nĂŁo tem nenhuma dĂșvida de que os Proscritos estĂŁo tramando alguma coisa.

 

 

Dançarinos da Lùmina

 

Dançarinos da LĂąmina sĂŁo Espadachins Ă©lficos. Devido Ă  sua longa expectativa de vida, os PrimogĂȘnitos tĂȘm abundĂąncia de tempo para aprimorarem seu domĂ­nio da espada. As lĂąminas em forma crescente prestam homenagem Ă  Divindade Nuadu - o criador dos PrimogĂȘnitos. Os quatro melhores Dançarinos da LĂąmina estĂŁo incluĂ­dos no Conselho dos Doze que rege todos os elfos nas florestas de Melwendil. Eles executam as missĂ”es mais crĂ­ticas do Conselho Élfico. Dizem que um Dançarino da LĂąmina pode cortar atĂ© um raio de luz em dois com sua espada. Seus inimigos tremem de terror na mira desses lutadores, pois ninguĂ©m jamais conseguiu escapar deste furacĂŁo de lĂąminas brilhantes, ao menos ainda.

 

Patrulheiros

 

Nem todos os elfos escolheram as lĂąminas para a sua arma principal. Os Patrulheiros deram a sua preferĂȘncia a um arco - como sua forma assemelha-se a um crescente tambĂ©m. Patrulheiros Élficos sĂŁo tĂŁo qualificados na arquerĂ­a que nenhum dos seres humanos pode competir nesta arte com qualquer PrimogĂȘnito. Um Patrulheiro pode atingir um alvo a uma distĂąncia tĂŁo longa, que Ă s vezes leva quase uma hora para recuperar uma flecha. Sua pontaria tornou-se sinĂŽnimo tambĂ©m. Os quatro melhores atiradores entre os Patrulheiros estĂŁo incluĂ­das no Conselho dos Doze, tambĂ©m servindo ao Conselho Élfico como seus olhos e ouvidos.

 

Druidas

 

Durante o período de suas longas vidas, os druidas aprendem as profundezas da magia natural. Sendo mentalmente íntimos com a floresta, eles podem entender a linguagem dos påssaros, animais e plantas. Os druidas usam suas habilidades para o bem do equilíbrio mundial. Eles fazem o seu melhor para curar a terra que foi marcada durante a Guerra da Lança. Embora os druidas façam inimigos formidåveis no campo de batalha. Seu sussurro faz as raízes das årvores enredarem os pés dos inimigos, e também enviam feras para atacar e rasgar montanheses azarados e mortos-vivos. Os quatro druidas mais såbios são membros do Conselho dos Doze, executando as decisÔes mais importantes que afetam às vezes o destino não apenas de Melwendil, mas a própria Arinar por inteiro.

 


 

Link to post
Share on other sites
  • Akasha changed the title to â€‹đŸ›ïžâ€‹ HistĂłria dos PrimogĂȘnitos
Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...