Jump to content

[2015.07.03] Momentos da história. Crônicas de Warspear, Capítulo III


Peter_Munk
 Share

Recommended Posts

%D1%80%D0%B0%D0%B1%D0%BE%D1%82%D0%B0.jpg
 
O equilíbrio foi abalado drasticamente quando os guerreiros dos Escolhidos e dos Proscritos entraram na guerra. Após lidarem com tramas e conspirações do passado, novos heróis deixaram suas ilhas nativas e chegaram a Irselnort. Depois de receberem reforços, novas batalhas ferozes foram retomadas, mas todos logo perceberam que as forças em guerra eram iguais (3.0.0 Encruzilhada do Destino).

Ficou óbvio que a guerra em Irselnort seria muito longa. Ao mesmo tempo, as vanguardas dos Sentinelas e da Legião não conseguiram se estabelecer em Ayvondil. A Floresta Eterna não era receptiva com estranhos. Eles encontraram abrigo nos Pântanos de Norlant, um território fedido imenso no caminho para Ayvondil. Viajar para lá só era possível por meio de teletransportes deixados pelo povo de Norlant, um reino antigo de homens que se aliaram aos elfos. Vitold, o último rei miserável dessas terras, viveu em uma das ilhotas. Ele contou aos estranhos sobre a estátua da rainha elfa, Valaria, que carregava um cristal imenso, espalhando a antiga magia. O povo primitivo acreditava que os pântanos eram um ser vivo que os ajudou a encontrar essa estátua arruinada. Com essa grande fonte de magia antiga nas mãos, ambas as alianças puderam finalmente viajar para a Floresta Eterna. (3.1.0)

No inverno, os dois lados estavam cansados e frustrados pela guerra constante e infinda. Eles precisavam desesperadamente de um descanso, então declararam uma trégua breve. Durante a paz inquietante, um malandro misterioso chamado Sam Hain levou o Circo dos horrores para Arinar, na Noite Mediana. Alguns dizem que ele enganou até mesmo o próprio Garaan. Muitos disseram que a aparição de sua companheira foi verdadeiramente aterrorizante. Ninguém sabia qual era o verdadeiro objetivo do Sam, mas, após um tempo, ele e o Circo desapareceram repentinamente. (3.2.0)

Após a Noite Mediana sombria, veio o Dia da Criação do mundo. Os Sentinelas e a Legião viajaram para a Fronteira da neve para ajudar o Ancião Branco a derrotar a Rainha do Gelo e os servos dela: os mestres dos quatro ventos. Foi a primeira vez que ela chorou e sua grandeza derreteu na frente de todos. Com a ajuda dos heróis de Arinar, uma grande ameaça foi eliminada. (3.4.0)

A primavera trouxe novas esperanças para o fim da guerra. Os líderes dos Sentinelas e da Legião chegaram a uma conclusão: grupos pequenos e organizados seriam mais eficientes na batalha por Ayvondil. Veteranos de batalhas nas costas empoeiradas de Irselnort e nos pântanos encharcados de Norlant se juntaram sob as bandeiras das Guildas (3.4.0-3.6.0). Ao mesmo tempo, magos estavam há muitas noites sem dormir lendo os pergaminhos de Berengar. Isso deu a eles a resposta para evocar a antiga magia, permitindo que eles lançassem lacaios. Uma parte das nove almas de Elam, um jakkar que servia Berengar na antiguidade, estava espalhada pelo corpo de cada uma dessas criaturas. (3.7.0)

O quinto ano de guerra tinha acabado.
Continua...
Parte anterior

Link to comment
Share on other sites

  • Akasha pinned this topic
  • Akasha unpinned this topic

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...