Jump to content

Estratégia contra a legião


João Aristolfo
 Share

Recommended Posts

Olá, eu criei esse tópico para poder discutir novas estratégias que possam ser usadas em favor dos Sentinelas contra a Legião.

 

Falando especificamente sobre o servidor BR - TOURMALINE, o contingente de jogadores ativos do lado sentinela é superior ao da Legião; mas pouco a pouco isso vai ir mudando, por diversos motivos. Quando os números ficarem aproximados, fica claro que a balança de poder será invertida. Atualmente, a guilda SEMNOME (guilda do God) é a mais forte, e foram eles que criaram (não tenho certeza se isso surgiu em algum outro servidor antes, mas acho muito improvável, nosso servidor é o melhor na questão de GvG) a estratégia do "bolinho", que só foi possível graças a chegada do cacique. 

 

Diferente dos legionários, o ponto forte dos sentinelas não são debuffs, e sim mobilidade. Essa vantagem é muito mal explorada pelas guildas, embora precise de um certo nível de organização para fazer bom proveito.

 

Indo direto ao assunto, o pilar para novas estratégias é o templário, e diferente do que muitos pensam ele não tem a mesma função do lock (em GvG), a função do templário é isolar o seu inimigo (na questão ofensiva). Entretanto, não é tão fácil criar a situação ideal onde os templários possam agir, para fazer isso eu diria que é preciso "atrair" seu inimigo; e como fazer isso, vai da organização de cada guilda. Assumindo que a parte mais difícil já foi concluída (isolar os inimigos), só resta fazer uso da mobilidadee derrotar seus inimigos.

 

Quando eu falo sobre mobilidade, me refiro a skills que realmente são de mobilidade e são efetivas AoE, tais como: Distorção Temporal, Investida (tanto a do BD quanto a do templário), Chamado de Harad. Esse avanço rápido nos inimigos isolados vai facilitar muito o confronto, e se executado de forma perfeita, não vejo como alguma guilda conseguiria lidar com isso. Essa estratégia é exclusiva dos Sentinelas porque precisa de dano "explosivo"(de efeito imediato), e visa acabar com o inimigo o mais rápido possível (um confronto longo favorece classes legionárias).

Link to comment
Share on other sites

Não vejo onde está a nosso ofensiva, pois em batalhas massivas 100x100 

não conseguimos matar nem 3 deles, enquanto nossos 100 players morrem

instantaneamente, já testamos centenas de classes e estrategias, porem todas falharam.

 

Veja este vídeo a partir do 00:45 , acho que contra esse combo de classes, não existe estrategia funcional,

ficamos completamente impossibilitados de qualquer reação.

 

 

deixo a minha humilde e sincera opinião.

Link to comment
Share on other sites

58 minutes ago, Sundown said:

Veja este vídeo a partir do 00:45 , acho que contra esse combo de classes, não existe estrategia funcional,

ficamos completamente impossibilitados de qualquer reação.

 

 

Um redenção do sacerdote removeria todos debuff e ainda iria curar em area

Link to comment
Share on other sites

41 minutes ago, Lustz said:

Um redenção do sacerdote removeria todos debuff e ainda iria curar em area

Também pensávamos isso, só que falhamos miseravelmente, nossos sacerdotes até mesmo

os full grandezas, morrem instantaneamente, antes mesmo de conseguir usar qualquer habilidade;

definitivamente nenhum estratégia funciona, está desequilibrado.  😥

Link to comment
Share on other sites

7 hours ago, João Aristolfo said:

Falando especificamente sobre o servidor BR - TOURMALINE, o contingente de jogadores ativos do lado sentinela é superior ao da Legião; mas pouco a pouco isso vai ir mudando, por diversos motivos. Quando os números ficarem aproximados, fica claro que a balança de poder será invertida. Atualmente, a guilda SEMNOME (guilda do God) é a mais forte, e foram eles que criaram (não tenho certeza se isso surgiu em algum outro servidor antes, mas acho muito improvável, nosso servidor é o melhor na questão de GvG) a estratégia do "bolinho", que só foi possível graças a chegada do cacique. 

Não, essa estratégia não é o único fator que ta contribuindo para os mcs.

Eles também tem uma combinação de skills de diferentes classes que tem um resultado devastador, ou simplesmente algumas skills deles são muito forte mesmo, e também tem skills bugadas, como o video acima.

7 hours ago, João Aristolfo said:

Indo direto ao assunto, o pilar para novas estratégias é o templário, e diferente do que muitos pensam ele não tem a mesma função do lock (em GvG), a função do templário é isolar o seu inimigo (na questão ofensiva). Entretanto, não é tão fácil criar a situação ideal onde os templários possam agir, para fazer isso eu diria que é preciso "atrair" seu inimigo; e como fazer isso, vai da organização de cada guilda. Assumindo que a parte mais difícil já foi concluída (isolar os inimigos), só resta fazer uso da mobilidadee derrotar seus inimigos.

Bem, eu até acho que os sentinelas vão precisar do templário pra ter alguma estratégia, por causa do fluxo. Mas isso de "atrair" eu duvido que vai funcionar. Se uma guilda, digamos, está "em modo de defesa", eles não seriam burros de quebrar a formação sem motivo, e também sentinelas não tem um motivo pra fazer eles serem atraídos.

7 hours ago, João Aristolfo said:

Quando eu falo sobre mobilidade, me refiro a skills que realmente são de mobilidade e são efetivas AoE, tais como: Distorção Temporal, Investida (tanto a do BD quanto a do templário), Chamado de Harad. Esse avanço rápido nos inimigos isolados vai facilitar muito o confronto, e se executado de forma perfeita, não vejo como alguma guilda conseguiria lidar com isso. Essa estratégia é exclusiva dos Sentinelas porque precisa de dano "explosivo"(de efeito imediato), e visa acabar com o inimigo o mais rápido possível (um confronto longo favorece classes legionárias).

Se eu entendi bem, você quer dizer que os templários isolam os inimigos e alguém corre lá para matar eles? Não seria ruim, por causa que tira da area dos totem de cura, mas isso é bem difícil de fazer também, porque tirando o próprio fluxo, nenhuma outra skill pode estunar alguém sem que alguem o use encima dos inimigos, não é como o fluxo ou circulo do lock, que alguem pisa e ja estuna. E os stuns em área dos sentinelas precisam que alguém pule/corra para o local, ou esteja perto do personagem (exemplo estilhaço, toque da verdade).

Quero dizer que ou estunam os isolados ou os que tão amontoados,

Não dá pra escolher os 2, e deixar qualquer um dos 2 livre dos stuns seria perigoso, além disso se mover para a posição dos inimigos isolados também é arriscado pois estaríamos mais visiveis e seriamos alvo fácil.

1 hour ago, Lustz said:

Um redenção do sacerdote removeria todos debuff e ainda iria curar em area

Infelizmente não. Redenção não remove zona de fraqueza, porque a skill é colocada no chão, quando remove o efeito é aplicado de novo. E essa skill ta bugada.

Edited by Fabr
Link to comment
Share on other sites

18 minutes ago, Sundown said:

Também pensávamos isso, só que falhamos miseravelmente, nossos sacerdotes até mesmo

os full grandezas, morrem instantaneamente, antes mesmo de conseguir usar qualquer habilidade;

definitivamente nenhum estratégia funciona, está desequilibrado.  😥

Qualquer estratégia dos elfos ja tão ultrapassada, nada que os mcs não possam counterar, quer dizer nem estratégia elfos tem, é sempre a mesma coisa de sempre, pular encima dos outros e usar stun. Agora é templário ou nada.:fuck_that:

Link to comment
Share on other sites

Uma parte importante que eu esqueci de mencionar no tópico, infelizmente não tenho como por esse tipo de estratégia em prática e gravar para mostrar aqui, se houver algum líder/herdeiro de guild que possa fazer isso eu agradeceria.

 

Além disso, quero reforçar que esse tipo de estratégia não é nada impossível. Pode parecer difícil, mas como eu já disse no tópico principal, a única dificuldade é tentar criar o cenário para os templários agirem. Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas (tanto na vertical quanto na horizontal), dessa forma a execução tem muito mais chance de dar certo.

Entretanto, parece que as discussões aqui no tópico mudaram, criei ele para poder sugerir uma nova estratégia (e esperava que vocês também sugerissem, ou acrescentassem mais coisas) e as discussões só giram em torno das skills dos legionários... Parece que foi desnecessário eu ter criado este tópico, já que os próprios jogadores querem depender da boa vontade (ou melhor, dançar na mão) dos desenvolvedores.

Edited by João Aristolfo
Link to comment
Share on other sites

10 hours ago, João Aristolfo said:

Além disso, quero reforçar que esse tipo de estratégia não é nada impossível. Pode parecer difícil, mas como eu já disse no tópico principal, a única dificuldade é tentar criar o cenário para os templários agirem. Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas (tanto na vertical quanto na horizontal), dessa forma a execução tem muito mais chance de dar certo.

Quer dizer que pra derrotar 1 guilda mc precisa de 2 guilda elf? E se não usar essa estratégia corre o risco de perder ainda? E no gvg tritões que é 1 vs 1 como que fica?:fuck_that:

10 hours ago, João Aristolfo said:

Entretanto, parece que as discussões aqui no tópico mudaram, criei ele para poder sugerir uma nova estratégia (e esperava que vocês também sugerissem, ou acrescentassem mais coisas) e as discussões só giram em torno das skills dos legionários... Parece que foi desnecessário eu ter criado este tópico, já que os próprios jogadores querem depender da boa vontade (ou melhor, dançar na mão) dos desenvolvedores.

Bem se estratégia resolvesse tudo não haveria reclamações por aqui, cedo ou tarde nomes de skills vão sempre aparecer.

Link to comment
Share on other sites

17 hours ago, Fabr said:

Quer dizer que pra derrotar 1 guilda mc precisa de 2 guilda elf? E se não usar essa estratégia corre o risco de perder ainda? E no gvg tritões que é 1 vs 1 como que fica?:fuck_that:

Eu disse: "Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas", logo, estou considerando uma situação de 1 vs 1

 

17 hours ago, Fabr said:

Bem se estratégia resolvesse tudo não haveria reclamações por aqui, cedo ou tarde nomes de skills vão sempre aparecer.

Sim, skills devem aparecer, mas não da forma como você disse. 

Por exemplo, mencionar as raizes do druida como forma de ajudar nesse isolamento de inimigos é uma forma útil de contribuir com o tópico. Fazer menção de mudanças em habilidades também contribuiria para o andamento da discussão (como eu mesmo já sugeri mudanças no templário que tornariam essa estratégia de isolamento ainda mais eficaz). Argumentos desse tipo certamente contribuem para o aprofundamento da viabilidade dessa estratégia. E como já disse várias vezes, não é como se esse tipo de estratégia fosse infalível, então se mais pessoas tiverem outros tipos de estratégias seria de grande ajuda mencionar aqui. 

Link to comment
Share on other sites

4 hours ago, João Aristolfo said:

Eu disse: "Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas", logo, estou considerando uma situação de 1 vs 1

Ata entendi agora:tired2:

4 hours ago, João Aristolfo said:

Sim, skills devem aparecer, mas não da forma como você disse. 

Por exemplo, mencionar as raizes do druida como forma de ajudar nesse isolamento de inimigos é uma forma útil de contribuir com o tópico. Fazer menção de mudanças em habilidades também contribuiria para o andamento da discussão (como eu mesmo já sugeri mudanças no templário que tornariam essa estratégia de isolamento ainda mais eficaz). Argumentos desse tipo certamente contribuem para o aprofundamento da viabilidade dessa estratégia. E como já disse várias vezes, não é como se esse tipo de estratégia fosse infalível, então se mais pessoas tiverem outros tipos de estratégias seria de grande ajuda mencionar aqui. 

Sabe isso pode funcionar bem. Mas pra isso tem que ter uma boa quantidade de templários na guilda, e existem uns  poucos no serv. Elfos precisa upar mais templários.

Correntes ilusórias também seria bem útil para os que tão amontoados nos totems.

Link to comment
Share on other sites

On 8/5/2021 at 11:47 AM, João Aristolfo said:

Olá, eu criei esse tópico para poder discutir novas estratégias que possam ser usadas em favor dos Sentinelas contra a Legião.

 

Falando especificamente sobre o servidor BR - TOURMALINE, o contingente de jogadores ativos do lado sentinela é superior ao da Legião; mas pouco a pouco isso vai ir mudando, por diversos motivos. Quando os números ficarem aproximados, fica claro que a balança de poder será invertida. Atualmente, a guilda SEMNOME (guilda do God) é a mais forte, e foram eles que criaram (não tenho certeza se isso surgiu em algum outro servidor antes, mas acho muito improvável, nosso servidor é o melhor na questão de GvG) a estratégia do "bolinho", que só foi possível graças a chegada do cacique. 

 

Diferente dos legionários, o ponto forte dos sentinelas não são debuffs, e sim mobilidade. Essa vantagem é muito mal explorada pelas guildas, embora precise de um certo nível de organização para fazer bom proveito.

 

Indo direto ao assunto, o pilar para novas estratégias é o templário, e diferente do que muitos pensam ele não tem a mesma função do lock (em GvG), a função do templário é isolar o seu inimigo (na questão ofensiva). Entretanto, não é tão fácil criar a situação ideal onde os templários possam agir, para fazer isso eu diria que é preciso "atrair" seu inimigo; e como fazer isso, vai da organização de cada guilda. Assumindo que a parte mais difícil já foi concluída (isolar os inimigos), só resta fazer uso da mobilidadee derrotar seus inimigos.

 

Quando eu falo sobre mobilidade, me refiro a skills que realmente são de mobilidade e são efetivas AoE, tais como: Distorção Temporal, Investida (tanto a do BD quanto a do templário), Chamado de Harad. Esse avanço rápido nos inimigos isolados vai facilitar muito o confronto, e se executado de forma perfeita, não vejo como alguma guilda conseguiria lidar com isso. Essa estratégia é exclusiva dos Sentinelas porque precisa de dano "explosivo"(de efeito imediato), e visa acabar com o inimigo o mais rápido possível (um confronto longo favorece classes legionárias).

O principal gvg atual é o GvG dos homens peixes, Como usar essa estratégia sendo que a legião tem a vantagem em questão de mobilidade com: chefe é  rogue 2 classe que aumenta a velocidade de movimento sendo que os sentinelas têm somente o seeker? 

Creio que muitas guilds está usando todas as possibilidades possíveis, fique certo disso, mas todas elas são falha pois a sentinela precisa ir até o bolinho pra usar suas skill. A Sentinela não sobrevive de forma alguma indo até o bolo agrupado da legião nem a possibilidade de usar globo pois o chefe tem imunidade, de dano híbrido em área temos o pala, mas ele tem o totem que o dano se divide é  torna ineficiente. 

Que estratégias adotar contra essas desvantagem da sentinela?

 

Link to comment
Share on other sites

4 hours ago, Hedds said:

Como usar essa estratégia sendo que a legião tem a vantagem em questão de mobilidade com: chefe é  rogue 2 classe que aumenta a velocidade de movimento sendo que os sentinelas têm somente o seeker? 

Desde quando rogue aumenta velocidade de movimento? Somente seeker e cacique tem bônus de velocidade de movimento. 

 

Sobre estratégia a Valhala(ROT) no último gvg tentou usar alguns templários. Era nítido que se eles tivessem um número grande de templários teria sido uma estratégia bacana, usar templários pra separar o bolinho dos mcs.

Link to comment
Share on other sites

On 8/9/2021 at 12:24 PM, Rhaast said:

Desde quando rogue aumenta velocidade de movimento? Somente seeker e cacique tem bônus de velocidade de movimento. 

 

R: Ok, me equivoquei ao mencionar o rogue.  Mas com a  mobilidade entre seeker e cacique, não tem como não saber qual o melhor. ( Tom de sarcasmo)

 

Sobre estratégia a Valhala(ROT) no último gvg tentou usar alguns templários. Era nítido que se eles tivessem um número grande de templários teria sido uma estratégia bacana, usar templários pra separar o bolinho dos mcs.

 

R: A sentinela precisa de uma quantidade grande de magos,palas e prist pra ter um dano satisfatório na batalha e ter a possibilidadede retirar D-buff alguns debuff sendo impossível retirar o controles contínuos ( ex.: totem da fraqueza). A função do templário ainda não tá bem definida  pois não tem o controle onde  a guild adversária Irá parar após o fluxo posto na área sendo que pode ser evitado a skill . Outro ponto vale ressaltar é  a grande quantidade de D-buff relacionado a impossibilidade de utilização de skill dos Sentinelas  é  a falta de uma classe que seja imune ao Globo com dano em área igual o cacique, que não existe para os Sentinelas. Um ponto que é bastante discutido na sentinela é a resistência do dano em área que não temos eficiência neuma pois totem do templário reduz atcks automaticos  e do wd bem pouco e reduzido e shild do templário facilmente e removido tornado o mago com possibilidade apenas de pular e usar uma só skill se tiver sorte duas.

A solução não é por + templário  é  sim verificar  a resistência de batalha da sentinela  contra tantos d-buff e redução do dano em área que nos não temos.

 

Link to comment
Share on other sites

On 8/10/2021 at 3:51 PM, Hedds said:

 

A única defesa dos mcs são os debuffs, cura períodica em área para os elfos iria quebrar o jogo, o pala tem uma skill que aumenta cura se não me engano soma com pote castelo e o buff do castelo vai ficar muito roubado, o jeito seria retrabalhar algumas skills tipo a skill do druida, ao invés de reduzir velocidade poderia reduzir Recarga ou cura de quem tomar a skill, wd poderia ter uma skill que reduz dano em área ou que buffa defesa dos aliados, já que ele não dá dano, serviria como um tank suporte de grupo.

 O totem do templário poderia reduzir defesa do inimigo.

  Poderia também fazer que nem o fluxo do templário que alvos já afetados são ignorados, não sei se funciona assim as outras skills de controle em área, mas seria o ideal para todas as skills, pq não faz sentido stunar ou silenciar um alvo já stunado/silenciado.

  Em questão de dano é praticamente a mesma coisa, o dano dos elfos é o mago e o dano dos mcs é o cacique.

 Eu sou MC, e a culpa do jogo está como está não é dos mcs, quem meche nas classes é a empresa nós só usamos.

 A empresa deveria fazer tipo moba, todo mês lançar um patch de atualização, ou seja, balanceamento e correção de bugs todo mês, pelo menos iria balancear mais as classes, não existe balanceamento 100%, mas tem como deixar o jogo mais justo e acredito que balancear classes 1 vez por ano não é o caminho certo, porque se uma classe ficar muito fraca, vai ficar o ano todo fraca e o inverso também.

Minha opinião.

Link to comment
Share on other sites

5 hours ago, AntraxXL said:

A única defesa dos mcs são os debuffs, cura períodica em área para os elfos iria quebrar o jogo, o pala tem uma skill que aumenta cura se não me engano soma com pote castelo e o buff do castelo vai ficar muito roubado, o jeito seria retrabalhar algumas skills tipo a skill do druida, ao invés de reduzir velocidade poderia reduzir Recarga ou cura de quem tomar a skill, wd poderia ter uma skill que reduz dano em área ou que buffa defesa dos aliados, já que ele não dá dano, serviria como um tank suporte de grupo.

 O totem do templário poderia reduzir defesa do inimigo.

  Poderia também fazer que nem o fluxo do templário que alvos já afetados são ignorados, não sei se funciona assim as outras skills de controle em área, mas seria o ideal para todas as skills, pq não faz sentido stunar ou silenciar um alvo já stunado/silenciado.

  Em questão de dano é praticamente a mesma coisa, o dano dos elfos é o mago e o dano dos mcs é o cacique.

 Eu sou MC, e a culpa do jogo está como está não é dos mcs, quem meche nas classes é a empresa nós só usamos.

 A empresa deveria fazer tipo moba, todo mês lançar um patch de atualização, ou seja, balanceamento e correção de bugs todo mês, pelo menos iria balancear mais as classes, não existe balanceamento 100%, mas tem como deixar o jogo mais justo e acredito que balancear classes 1 vez por ano não é o caminho certo, porque se uma classe ficar muito fraca, vai ficar o ano todo fraca e o inverso também.

Minha opinião.

Em termos de habilidades úteis para gxg, elfos em desvantagem. Pode ver que nas atualizações passadas mcs ganharam skills que são  boas para gxg, já os elfos não, quer dizer além do templário claro.

Edited by Fabr
Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, Fabr said:

Em termos de habilidades úteis para gxg, elfos em desvantagem. Pode ver que nas atualizações passadas mcs ganharam skills que são  boas para gxg, já os elfos não, quer dizer além do templário claro.

concordo que os mcs tem mais debuffs, mas os elfos não podem ter a mesma quantidade de debuffs em área pois os elfos por si só ja são duros de queda, concordo que tem que dar mais debuffs aos sentinelas, mas não é como se os sentinelas dependessem de debuffs para se defender, os elfos tem um poder ofensivo e defensivo muito grande enquanto os mcs tem mais debuffs e cura em área do xamã.

 Seria justo tambem, dar mais poder ofensivo e defensivo para os mcs, as classes da legião em geral não tem muitas skills defensivas uteis em gvg, no caso, escudos, que nos sentinelas é oq mais tem.

Link to comment
Share on other sites

On 8/16/2021 at 1:45 PM, AntraxXL said:

 A empresa deveria fazer tipo moba, todo mês lançar um patch de atualização, ou seja, balanceamento e correção de bugs todo mês, pelo menos iria balancear mais as classes, não existe balanceamento 100%, mas tem como deixar o jogo mais justo e acredito que balancear classes 1 vez por ano não é o caminho certo, porque se uma classe ficar muito fraca, vai ficar o ano todo fraca e o inverso também.

Minha opinião.

Concordo! Assim, o meta mudaria constantemente e traria mais competitividade e diversidade em estratégias ao jogo.

Link to comment
Share on other sites

Gostaria muito de ver essa estratégia na prática meu guerreiro.

Amo GvGs e gosto mais ainda quando as duas facções lutam com garra, sem que haja um desequilíbrio da classe, sou MC, mas acima de tudo gosto de uma boa batalha, ganhar ou perder oq importa é aprender e se tornar mais forte

:advise:

 

 

Observação: Vocês esquecem tbm que a Kingdom do God é um guild que investi muito no quesito GvG, build focadas para GvG e possuem os players mais ativos e mais forte do nosso servidor, alem da guild gasta full buffs para um confronto então não é supresa ver a Kingdom no top glr

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...