Jump to content

João Aristolfo

Members
  • Posts

    62
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by João Aristolfo

  1. Sabia que mais cedo ou mais tarde ia vir um evento estilo battle royale. Infelizmente, parece que o WS só tenta inovar quando da certo no Skylore... Mas enfim, que bom que temos algo desse tipo! Além disso, muito obrigado por essa mudança nos "Efeitos", era complicado saber se seu personagem estava sob efeito de alguns debuffs (globo, por exemplo) a depender da quantidade de buffs acumulados. Sobre o GvG, sinceramente, acho que cada vez mais a empresa quer matar de vez os tanks (se as "moedas" forem coletadas individualmente); deveriam rever isso, pois tanks já não fazem tanta diferença em batalhas massivas, quiçá agora com esse GvG. De resto, foram mudanças normais, nada abaixo da média ou acima. O que estou curioso é sobre a parte: Talvez venha uma "loja de reputação" com itens surpreendentes.
  2. Cada personagem tem desenvolvimentos diferentes durante a jornada no mapa 1, lá é o lugar onde você vai ter uma visão geral sobre os acontecimentos, quanto mais personagens você cria, mais entende sobre o contexto político da guerra da lança. Acho que realmente não existe muito isso de bem e mal, os dois lados tem seus próprios podres, traições e muito sangue inocente nas mãos. Mas, é claro que os proscritos, por exemplo, tem um enredo muito mais "dark" que os escolhidos; e isso é de propósito, para atrair jogadores que gostam desse tipo de coisa.
  3. Me veio um pensamento e decidi compartilhar aqui, acho que se fizerem essa alteração, templário de cajado com certeza seria viável. Bem, a skill Ensinamentos de Harad é a base para qualquer templário suporte, então para torna-lo viável basta modificar essa habilidade. Eis aqui a modificação que traria uma grande mudança de paradigma: remover a penalidade de 1s na cura do templário Pronto, fazendo isso ja resolveria tudo, sem precisar de muito trabalho modificando várias skills (embora mudanças em algumas fossem agradáveis). E também, provavelmente sanaria parte das reclamações dos elfos quanto ao xamã (já que em gvg, usar o fluxo curaria MUITO os aliados). Entretanto, para implementar algo desse tipo, provavelmente seria necessário abrir mão de algumas outras mudanças; por exemplo, a skill "Toque da Verdade" poderia permanecer do jeito que está (coisa que não é nada benéfica, muitos templários gostariam que ela fosse semelhante a zona do lock, com área selecionável) e várias outras skills também. PS: Na minha opinião, retirar a penalidade resolveria , pois, com uma relíquia de feitiços múltiplos no fluxo 5/5 seria possível curar instantaneamente 9x o que se curaria normalmente (ou seja, curando 500 por stun, com essa mudança o templário curaria 4500 em 1s; claro, isso na melhor das hipóteses, coisa que geralmente não acontece, mas mesmo sendo x3 ou x4 já ajudaria muito)
  4. Concordo que seguir a história é muito bom. Tipo o bárbaro com Poder Berseker, skills desse tipo deixam o jogo mais interessante, principalmente se o player lê as lores.
  5. Gostei da att, principalmente das pequenas mudanças, como a nova animação de respawn dos mobs. A arte dessa nova atualização também ficou muito linda, uma das melhores! E muito obrigado por alterarem o talento de função do templário para algo mais adequado, certamente essa mudança vai ajudar muito.
  6. Já sugeri isso em outro post, mas foi na categoria errada. Então decidi repostar aqui. Acredito que o templário deveria ter acesso a essa relíquia: Embora na print seja uma ''Pequena relíquia'', a mudança deve ocorre na ''Grã relíquia'' também. A skill que deveria receber ela é o ''Apoio de combate''(que só seria útil para aumentar a distancia do ''pulo'' nos aliados), essa mudança seria significativa no pvp e aumentaria a capacidade dele de controlar o campo de batalha (função dele). E se torna ainda mais expressiva e necessária com a adição do sistema de talentos.
  7. O combo do Toque da Verdade + Culpa, por exemplo. A % de vida máxima aumentada pela skill "Poder do Paraíso". A % de absorção do escudo baseado no dano. Todas essas skills merecem diminuir seus números, mas como disse, por não ser uma classe muito popular não deve sofrer nada disso. Falei acima, talvez tenham mais algumas, mas não me ocorre nada agora. Fluxo não me incomoda, pelo contrário, acho uma ótima habilidade; tanto é, que acredito que deveriam melhorar o funcionamento dele (quando um cacique/ seeker passam por cima dele usando skill de velocidade de movimento, geralmente ele não funciona corretamente). Mas acho desnecessário aumentar o tempo de stun dele (embora eu concorde que aumentar a distância que o alvo é arremessado seja algo interessante, principalmente para combos com a investida) Eu me ponho no lugar dos templários, também tenho um. Você mencionou "publicações", então fiquei na dúvida se é sobre o fórum ou sobre o servidor do jogo. Considerando as duas opções, acho difícil levar muito em conta a opinião dos jogadores dentro do servidor. Porque existem vários servidores, e cada um com sua própria "geopolítica", então a impressão de um templário do Pearl pode ser diametralmente diferente de um templário do Tourmaline. Além disso, a maioria dos jogadores não quer realmente um equilíbrio, e sim que a sua classe seja a mais forte (ou que seja boa em tudo, dentro do jogo). Agora, se você se referiu aos posts no fórum, eu também já vi. Não é como se todas as mudanças que você mencionou aqui fossem inúteis, e em vários outros posts no fórum, há pessoas pedindo modificações no templário (geralmente buffs, a quantidade de pessoas que pedem nerf no templário é mínima) que são semelhantes ás suas (eu mesmo, ja fiz um pedindo buffs). Entretanto, como disse, os buffs que acho necessário são mudanças na mecânica das skills (diminuir tempo de supressão da zona do Toque da Verdade, estátua receber dano de skills, aumentar distância de arremesso do fluxo, o pet do templário ter chance de stun no primeiro hit) e não em números, ou em modificações de adicionar novos parâmetros (como você menciona na Graça, na estátua, e em uma situação do fluxo). Mas como eu disse, não é como se eu fosse contra todas as mudanças, melhorar algumas habilidades é algo bom pro templário (Ensinamentos de Harad, por exemplo)
  8. Acho que essas mudanças não são realmente justas, pra falar a verdade, o templário merece nerf em algumas skills que você mencionou merecer buff. Ainda que essas mudanças aí sejam feitas para melhorar templário com cajado, acho que fica MUITO acima da média. Tirando algumas mudanças de mecânica, acho que em questão dos números, especificamente, o templário merece vários nerfs. Entretanto, por ser uma classe impopular e difícil de upar (dificil de jogar também), acho que não deve haver nenhuma mudança significativa.
  9. Olá, eu vi um Tópico no fórum internacional que me chamou a atenção, era sobre especular novidades referente a um post feito pela AIGRIND. Então decidi fazer algo semelhante aqui, no nosso fórum. Bem... quais mudanças vocês acham que virá nas próximas atualizações? Como criei este tópico vou já deixar minhas apostas. Em primeiro lugar, acredito que uma das coisas que mais tem chance de vir é a tão aguardada “mudança de set por botão“; isso porque já tem um bom tempo que foi sugerido, e todo mundo concorda que ajudaria muito. Outra coisa que pode vir, embora eu não tenha tanta expectativa..., é a solução para lidar com os AFK's na arena. Ainda no tema da arena, é possível que, por toda repercussão com os Encantadores, limites de mobs invocados também sejam impostos. E TALVEZ, pelo sucesso que teve no Skylore o modo de arena Battle-royale pode acabar chegando no Warspear. Essas são minhas opiniões sobre o que está por vir, deixe as suas também
  10. Olá, primeiramente vou falar sobre um erro na tradução de uma determinada skill do templário: Essa é a forma como a habilidade se apresenta, tanto no mercado quanto na Biblioteca. Ou quando alguem "linka" essa habilidade, é dessa forma que ela aparece. Entretanto, depois de equipa-la em seu kit de habilidades especialista, ela aparece da seguinte forma: Não analisei as outras skills, mas creio que só aconteça nessa habilidade. Mas também, seria bom se pudessem verificar as outras 161 habilidades. Mudando de assunto (mas não deixando de ser sugestão), eu quero falar sobre a relíquia de Inacessibilidade: Essa print foi tirada de uma "relíquia pequena", mas "Grã-relíquias" tem o raio de efeito aumentado em 2 metros. A mudança que sugiro fazer nessa relíquia é simples, torna-la usável na habilidade "Apoio de combate" do Templário. Essa mudança visa tornar mais efetiva a mobilidade do templário, e aumentaria o leque de escolhas a se tomar dentro da arena; assim como o Bárbaro, que pode usar essa relíquia na sua skill "Investida".
  11. Algumas mudanças são interessantes, principalmente a mudança na skill "Graça", mas é muito difícil de ocorrer mudanças no "Tornado do arrependimento" e "Marcado pelo sol". Embora seja um fato que templário no início sofre muito pela falta de cura, acho que é justo já que seu nivel de importância sobe exponencialmente nos levels mais altos. Quanto ao templário PvE de suporte, eu pessoalmente acho que não é o caminho certo (mesmo que ele não seja totalmente inútil), mas a principal mudança que tonaria isso possível é a implementação (por meio do retrabalho em skills ja existentes) de mais habilidades que usem dano mágico (também acho muito improvável acontecer, a não ser por alguma mudança no "Toque da Verdade").
  12. Eu disse: "Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas", logo, estou considerando uma situação de 1 vs 1 Sim, skills devem aparecer, mas não da forma como você disse. Por exemplo, mencionar as raizes do druida como forma de ajudar nesse isolamento de inimigos é uma forma útil de contribuir com o tópico. Fazer menção de mudanças em habilidades também contribuiria para o andamento da discussão (como eu mesmo já sugeri mudanças no templário que tornariam essa estratégia de isolamento ainda mais eficaz). Argumentos desse tipo certamente contribuem para o aprofundamento da viabilidade dessa estratégia. E como já disse várias vezes, não é como se esse tipo de estratégia fosse infalível, então se mais pessoas tiverem outros tipos de estratégias seria de grande ajuda mencionar aqui.
  13. Uma parte importante que eu esqueci de mencionar no tópico, infelizmente não tenho como por esse tipo de estratégia em prática e gravar para mostrar aqui, se houver algum líder/herdeiro de guild que possa fazer isso eu agradeceria. Além disso, quero reforçar que esse tipo de estratégia não é nada impossível. Pode parecer difícil, mas como eu já disse no tópico principal, a única dificuldade é tentar criar o cenário para os templários agirem. Na minha opinião, a situação ideal são as 2 guildas inimigas estando paralelas (tanto na vertical quanto na horizontal), dessa forma a execução tem muito mais chance de dar certo. Entretanto, parece que as discussões aqui no tópico mudaram, criei ele para poder sugerir uma nova estratégia (e esperava que vocês também sugerissem, ou acrescentassem mais coisas) e as discussões só giram em torno das skills dos legionários... Parece que foi desnecessário eu ter criado este tópico, já que os próprios jogadores querem depender da boa vontade (ou melhor, dançar na mão) dos desenvolvedores.
  14. Olá, eu criei esse tópico para poder discutir novas estratégias que possam ser usadas em favor dos Sentinelas contra a Legião. Falando especificamente sobre o servidor BR - TOURMALINE, o contingente de jogadores ativos do lado sentinela é superior ao da Legião; mas pouco a pouco isso vai ir mudando, por diversos motivos. Quando os números ficarem aproximados, fica claro que a balança de poder será invertida. Atualmente, a guilda SEMNOME (guilda do God) é a mais forte, e foram eles que criaram (não tenho certeza se isso surgiu em algum outro servidor antes, mas acho muito improvável, nosso servidor é o melhor na questão de GvG) a estratégia do "bolinho", que só foi possível graças a chegada do cacique. Diferente dos legionários, o ponto forte dos sentinelas não são debuffs, e sim mobilidade. Essa vantagem é muito mal explorada pelas guildas, embora precise de um certo nível de organização para fazer bom proveito. Indo direto ao assunto, o pilar para novas estratégias é o templário, e diferente do que muitos pensam ele não tem a mesma função do lock (em GvG), a função do templário é isolar o seu inimigo (na questão ofensiva). Entretanto, não é tão fácil criar a situação ideal onde os templários possam agir, para fazer isso eu diria que é preciso "atrair" seu inimigo; e como fazer isso, vai da organização de cada guilda. Assumindo que a parte mais difícil já foi concluída (isolar os inimigos), só resta fazer uso da mobilidade, e derrotar seus inimigos. Quando eu falo sobre mobilidade, me refiro a skills que realmente são de mobilidade e são efetivas AoE, tais como: Distorção Temporal, Investida (tanto a do BD quanto a do templário), Chamado de Harad. Esse avanço rápido nos inimigos isolados vai facilitar muito o confronto, e se executado de forma perfeita, não vejo como alguma guilda conseguiria lidar com isso. Essa estratégia é exclusiva dos Sentinelas porque precisa de dano "explosivo"(de efeito imediato), e visa acabar com o inimigo o mais rápido possível (um confronto longo favorece classes legionárias).
  15. No que diz respeito ao rogue, bem, eu acho que deveriam retrabalhar completamente essa habilidade. Quanto ao bárbaro, eu admito que ele seja muito bom no pvp, mas há personagens que ele tem vantagem e outros que tem desvantagem. Você teve a infelicidade de se deparar com um bárbaro com alguma build específica para pvp e conseguiu te matar; não há deméritos nisso (e outra coisa, não é amplificação que vai definir os resultados no pvp, entender a mente do seu oponente, bem como as suas skills fazem parte desse processo)
  16. Eu concordo com você nisso de dar uma skill de dano em área ao bárbaro, sempre achei que o "Grito furioso"(acho que esse é o nome, mas por via das dúvidas, é a new que dá block e diminui penetração dos inimigos) poderia ter uma funcionalidade melhor; ou como ja sugeri uma vez, aumentar a área de efeito do combo Talho + Derrota. Quanto á dificuldade de tankar vários mobs, bem, essa é a fraqueza do bárbaro; por meio da amplificação do equipamento é possível sanar umpouco essa dificuldade, mas quem sabe alguma mudança como: aumentar os stacks da pele de pedra, e diminuir a % de dano ignorado; possam ajudar também (e particularmente, eu acho que ficaria mais interessante dessa forma). Discordo na questão de dar +1 cura, acho que o melhor caminho seria permitir formas de tornar mais efetivo o parâmetro Vampirismo (sem isso, é só questão de tempo até o bárbaro ser ultrapassado pelos outros tanks, nós temos numeros bons, mas em questão de conceito de skill os paladinos e cavaleiros da morte são melhores). Mas de forma sucinta, eu consegui entender o que você quis trazer neste tópico, você gostaria que o bárbaro fosse mais independente. Infelizmente, acho que isso não vai acontecer, e se acontecesse desequilibraria o jogo (provavelmente.
  17. Oi, eu abri essa discussão para falar sobre o Bárbaro receber a habilidade de empunhar 2 machados de uma mão. Eu estou partindo do ponto de usar 2 machados pois seria mais razoável à usar 2 espadas ou 2 adagas ou 2 maças de uma mão; e para mim como jogador de Bárbaro, sempre quis poder usar 2 machados, tornaria o jogo mais divertido (na minha opinião). Também acredito que não traria muitas mudanças no aspecto PvP, já que Bárbaros com escudo tem mais utilidade no pvp (pelo golpe de escudo, e aproveitamento do parâmetro bloqueio com a pele de pedra) e os machados de arena não dão penetração. O Bárbaro com 2 machados de uma mão seria mais voltado para o aspecto PvE DMG, e as skills atuais já permitem este tipo de montagem (habilidades como Poder Berserker, Derrota, Fúria de Combate). De forma geral, isso seria apenas uma mudança de paradigma no Bárbaro, e na minha opinião não traria nenhum malefício na questão de balanceamento de poder entre facções. Mas como essa é só minha opinião, decidi criar este tópico para ouvir a opinião de outras pessoas, e também na esperança de algum desenvolvedor olhar essa ideia, achar bacana, e pô-la dentro do jogo.
  18. Quem acompanha o jogo sabe que várias mudanças "menores" acontecem e não são noticiadas, embora tenham a mesma importância das grandes mudanças que acontecem no jogo. Venho sugerir mais uma dessas mudanças "menores": seria interessante o evento "Batalha por Territórios" aparecer na aba Eventos do menu (dentro do jogo), além disso, seria importante que as áreas indicadas de onde ocorre o evento (círculo vermelho que indica a área no Mapa) fossem dinâmicas, ou seja, começasse com apenas um círculo vermelho na T5 (Acampamento da legião e Kamp-Riff) e quando a bandeira fosse derrubada o círculo vermelho (indicativo da área do evento) deveria ser transferido para a T4 (Acampamento caravana ocidental e oriental), e assim por diante. Isso ajudaria a quem começou no jogo, se orientar sobre esse evento tão bom que é a Batalha por Territórios.
  19. Todas essas skills que você falou realmente são de dano em área, mas segundo os desenvolvedores(e os próprios jogadores) a legião precisava de dano em área, e foi por isso que o cacique surgiu. Eles tem acesso a dados que nós não possuímos, então a decisão de criar um personagem focado em dano em área foi muito bem analisada (assim como a de criar o templário, que é focado em controle). Não adianta tentar discutir contra isso, e você tem total liberdade de achar que o cacique está com dano muito alto, assim como eu tenho minha opinião de que não é bem assim. Até porque, se me lembro bem, o intuito principal do cacique não era apenas ser o principal dano em área da legião; ele também teria ganhado um stun em área, mas visto o potencial AoE do cacique, eles (desenvolvedores) mudaram de ideia e deixaram-no sendo apenas um DD (AoE e alvo único).
  20. Eu li parte da discussão e acho que consegui entender quais sãos os pontos tratados aqui. Primeiramente, é óbvio que o cacique tem um dano alto, mas é exatamente para isso que ele foi criado; o conceito da classe era suprir o dano em área quase que inexistente no lado legião, é claro que ele vai ser forte. Prosseguindo, eu acho que o autor se equivocou em analisar a classe individualmente, o Warspear é um jogo muito complexo pois ele envolve personagens diferentes com habilidades diferentes. Veja, o paladino e o mago são os pilares do dano em área no lado sentinela, ambos além de causarem dano em área contam com habilidades de controle, e também não são ruins em nenhuma esfera do jogo (PvP e PvE). Enquanto do lado legião o único que faz essa função de dano em área é o cacique, que também se destaca muito no conteúdo PvE mas deixa a desejar um pouco no PvP ( embora não seja completamente inútil, ele não é tão bom como algumas outras classes). Por esses motivos, não acho que o dano do cacique esteja assim tão alto, mas algumas mudanças poderiam ser feitas no intuito de diminuir esse potencial de dano constante que o cacique tem, que somada à quantidade de vampirismo no jogo, deixam-no quase imortal.
  21. Eu entendi o conceito da skill, e também de qual forma ela mudaria a dinâmica em GvGs/War, não seria uma habilidade totalmente inútil e acumular stacks de resistência poderia ser uma mecânica interessante (visto a quantidade de debuffs da legião). Mas do meu ponto de vista, enquanto não vierem as classes novas dos proscritos/primogênitos acredito que estamos em uma "zona cinzenta" onde não é possível ter noção do que nos aguarda, e por isso, a discussão de novas habilidades é algo que vai ser apenas perda de tempo (ressalto que essa é minha visão).
  22. Olá, eu queria sugerir algumas mudanças no templário que podem equilibrar o poder entre facções. Primeira e mais importante mudança, alterar a mecânica da skill "Toque da Verdade" para ter uma área selecionável semelhante às skills do lock (círculo, zona) onde você pode decidir onde colocar sem precisar se expor muito ao combate. Outra mudança bem-vinda nessa habilidade seria mais algum efeito (poderia ser uma cura em área aos aliados, ou um debuff de aumento de dmg recebido nos alvos) além do silence. A segunda modificação interessante, seria a "Estátua de Deity" conseguir absorver parte do dano causado por habilidades em jogadores, nem que fosse uma % menor, mas seria muito bom essa habilidade funcionar em habilidades também (pelo que eu vi, ela não absorve danos de habilidades, mas se eu estiver errado vou retratar o tópico). O cacique e o templário vieram com o objetivo de suplementar algumas deficiências entre facções, o cacique faz o papel dele com maestria; já o templário nem tanto.
  23. Muito bem feita essa atualização, estão de parabéns! Estou ansioso pelo evento, e fico muito feliz com as alterações "menores" (bag pessoal, quests de tempo, etc).
  24. Eu acho que não seria bom ter especificamente o calendário, mas se pelo menos disponibilizassem algumas informações sobre quais itens vão vir (sem dizer os dias) seria algo muito bom. Eu concordo também com isso, e com sua sugestão de eles aparecerem com 10 - 15 dias. Acho que mudaria um pouco a economia do jogo, e isso pode ser bom para todos (ou não, não tem como saber até tentar)
  25. Não cabe aqui discutir coisas desse tipo, os comentários devem ser sobre a sugestão, estender a discussão para temas como "Blanceamento" não cabe ser discutido na seção "Sugestões". Você fez a sugestão, eu fiz meus comentários sobre ela. Recomendo que você tenha a mesma postura de não fugir do tema que deve ser discutido aqui (que no caso, seria sobre essa modificação na aura do mago)
×
×
  • Create New...